sábado, 19 de janeiro de 2013

costura

outra vez
à deriva:
estrada mar vento raiz
não importa.

numa cama alugada,
poetizando a mim mesmo
com lápis
e uma camisa branca abotoada até a metade.
encarando um espelho que reflita talvez a parede
ou não seja espelho.
encarando a antiga TV 10 polegadas que
conectada,
não diz.
ela está sobre uma antiga máquina de costura,
dando um tom realmente nostálgico à cena repetida:

outra vez
à deriva.


                               Montes Claros/MG, 18 de janeiro de 2013

Um comentário:

  1. interessante é pensar que assim estamos em qualquer lugar...

    Beijo, moço.

    ResponderExcluir